Resumo Trabalho

ENSAIO SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS BRASILEIRAS DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM: ANÁLISE DOCUMENTAL DOS RELATÓRIOS DO GLOBAL CLOUD COMPUTING SCORECARD

Autor(es): LUCAS DOS SANTOS COSTA e orientado por MARCOS FERNANDO MACHADO DE MEDEIROS

Quando novos comportamentos, serviços e tecnologias surgem na sociedade faz-se necessário que o Estado avalie as possibilidades de regulamentação de tais situações visando o bem-estar da população, crescimento econômico sadio, e limitando possíveis abusos que venham a acontecer. Um instrumento de gestão responsável por suprir tal necessidade é o diagnóstico, uma das principais finalidades dos relatórios da Business Software Alliance (BSA), organização responsável por coletar, processar e publicar informações sobre vários campos dentro da TI. As tecnologias que utilizam computação em nuvem se enquadram nesse contexto acima descrito, sendo assim, o presente trabalho de pesquisa visa apresentar a evolução das iniciativas de políticas públicas de computação em nuvem do Brasil, ainda assim, pretende localizá-lo no cenário internacional baseado nos relatórios, indicadores e ranking da BSA - Global Cloud Computing Scorecard. Para concretizar os objetivos propostos, os relatórios da Business Software Alliance e documentos dos países que são objeto de pesquisa foram estudados através de Análise Documental. Os resultados mostram que dentre os países inseridos no relatório, o Brasil possui os indicadores com menor desenvolvimento, sempre localizado nas últimas posições do ranking, nota-se como ponto positivo possuir o maior avanço dos países pertencentes ao BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). Por fim, sugere que o Brasil utilize como benchmarking as políticas internacionais dos países com melhor classificação como meio de adaptar as políticas à realidade nacional, ou seja, utilizando as boas práticas existentes. Ainda assim, percebe-se que existe um grande campo de pesquisa a ser explorado no estudo de políticas públicas internacionais de computação em nuvem.

Veja o artigo completo: PDF