Resumo Trabalho

CINEMA NA EJA DE UMA ESCOLA RURAL: DIÁLOGOS PARA A CIDADANIA

Autor(es): JULLYANE FRAZÃO SANTANA

A educação de jovens e adultos vem passando por alterações ao longo dos anos, principalmente quando se diz respeito aos seus sujeitos. O público em questão, é em sua maioria composto por jovens e adultos que vivenciam ao longo de suas trajetórias situações de vulnerabilidade social, entretanto, acreditam no caráter transformador da educação, vislumbrando a possibilidade de a mesma trazer mudanças sociais e econômicas para suas vidas. Com eles, buscou analisar uma ação do projeto de extensão “Cinema e educação: despontando cidadania para além dos muros da UFPI”, na escola da EJA Deputado Francisca Trindade II, localizada no assentamento Lagoa do Prado, Parnaíba-Piauí. Durante sua realização, foi envolvido a maioria do corpo escolar, desde alunos (37) e professores (4) a direção (1) e demais funcionários (1). Feita a apresentação indicando os objetivos da atividade, os mediadores e as questões a serem levantadas na discussão, foi exibido o documentário Hiato, que mostra em vinte minutos o drama vivido por moradores sem teto ao tentarem visitar um shopping em Botafogo na cidade do Rio de Janeiro, em seguida os alunos foram levados a refletir sobre o assistido, na medida em que respondiam a perguntas geradoras da relação do documentário com a realidade local, lançadas ao longo da discussão, em seguida os alunos foram levados a refletir sobre o assistido, na medida em que respondiam a perguntas geradoras da relação do documentário com a realidade local, lançadas ao longo da discussão. Mediante as intervenções dos sujeitos, contatou-se que os mesmos foram atravessados pelos objetivos propostos pela atividade, pois em suas falas elucidavam a identificação de situações vividas em seu cotidiano.

Veja o artigo completo: PDF