Resumo Trabalho

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES: UM DESAFIO PARA GESTÃO DEMOCRÁTICA DA EEM ALMIR PINTO- ARACOIABA- CE

Autor(es): MARIA DE CLEOFAS SILVA SOUZA e orientado por JEANNETTE FILOMENO POUCHAIN RAMOS

O presente trabalho tem o objetivo de refletir sobre as práticas de formação continuada dos professores da EEM Almir Pinto- Aracoiaba-Ce, bem como, analisar os desafios da gestão democrática diante dessa temática, levando em consideração o contexto atual e os novos desenhos da educação brasileira. Compreendemos que a relevância do nosso trabalho não está em dá formulas prontas, mas em abrir o espaço para a troca de ideias e por meio dessa troca promover um aprendizado que seja construindo em parceria com o outro, independente das convicções e ideologias já preestabelecidas. E dessa forma responder aos nossos questionamentos. Por que a formação continuada de professores não se efetiva no cotidiano escolar dentro do espaço do planejamento da área? E mais. Quais as dificuldades apontadas pelos coordenadores e professores nesse processo? Para tanto, fez-se necessário algumas entrevistas com professores, coordenadores pedagógicos e professor coordenador de área. Em seguida, buscou-se analisar os livros de registros dos planejamentos de área realizados semanalmente, sob a orientação dos Coordenadores Pedagógicos juntamente com os Professores Coordenadores de Área. Nosso trabalho está dividido em quatro tópicos. O primeiro aborda a formação continuada de professores, o segundo fala sobre a gestão democrática o terceiro traz reflexões sobre o desafio da gestão democrática na promoção da formação contínua dos professores, tendo como base as falas dos autores envolvidos neste trabalho e documentação escolar. O quarto traz a conclusão dessa reflexão. O suporte teórico são os autores Pimenta, Alarcao, Martins,Borgens, Lück, Nóvoa, Imbernón, entre outros, que versam sobre o tema, trazendo reflexões e análises que somadas ás nossas reflexões corroboram para enriquecimento do trabalho. Por fim, entendemos que buscar olhares de forma interdisciplinar em ações que talvez até já se realizem no cotidiano escolar, mas que precisam ser redirecionadas, ou até mesmo, retomadas no intuito de promover o diálogo entre gestão e formação continuada de professores talvez seja um dos caminhos possíveis.

Veja o artigo completo: PDF