Resumo Trabalho

REFLETINDO SOBRE O PAPEL DO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO (AEE) NA PRÁTICA PEDAGÓGICA DE UM ALUNO COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

Autor(es): SCARLETT OHARA COSTA CARVALHO

Este trabalho tem como escopo conhecer e refletir acerca do papel do Atendimento Educacional Especializado (AEE) em uma escola pública do Município de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza, bem como compreender como, na prática pedagógica, realmente ocorre o processo ensino-aprendizagem de um aluno com deficiência intelectual. Diante disso, esta pesquisa busca assegurar, mesmo que em uma visão particular, o processo de gestão e de inclusão da instituição. Para o percurso metodológico utilizamos uma análise teórico-bibliográfica, além da pesquisa de campo e entrevistas semiestruturada tanto com a professora do AEE quanto com a da sala de aula. A deficiência intelectual é um termo que se usa quando uma pessoa apresenta certas limitações no seu funcionamento mental e no desempenho de tarefas como as de comunicação, cuidado pessoal e de relacionamento social. Estas limitações provocam uma maior lentidão na aprendizagem e no desenvolvimento dessas pessoas. Na maioria das vezes, as crianças podem precisar de mais tempo para aprender a falar, a caminhar e a aprender noções de autocuidado e autonomia. É natural que enfrentem dificuldades na escola. No entanto, aprenderão, mas necessitarão de mais tempo. É possível que algumas crianças não consigam aprender algumas coisas como qualquer pessoa que também não consegue aprender tudo. Com base na discussão desenvolvida neste trabalho e pautada nos dados colhidos nas entrevistas, destacamos que alunos com deficiência intelectual são capazes de se apropriar, através da mediação pedagógica, não somente dos conhecimentos relativos à aprendizagem da língua escrita, mas também das estratégias utilizadas pelo mediador, seja ele o profissional do AEE, da sala de aula ou os familiares. Por fim, cabe salientar que há um avanço no tocante à política de inclusão, os números de alunos matriculados nas escolas também vêm aumentando e isso é reflexo do trabalho desenvolvido nas instituições. Desse modo, os resultados apresentados confirmam a relevância e necessidade para futuras pesquisas.

Veja o artigo completo: PDF