Resumo Trabalho

CONSTRUINDO A IDENTIDADE DA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS – CÂMPUS GOIÂNIA

Autor(es): LEANDRO DE JESUS DUELI e orientado por MARIA JESÚS SALINAS PORTUGAL

O presente trabalho trata de uma pesquisa de doutorado em andamento, um estudo caso de caráter exploratório e qualitativo, que visa identificar, por meio da análise de documentos oficiais e questionários e entrevistas aplicados a gestores, professores e alunos, as peculiaridades e características do curso de Licenciatura Matemática do Instituto Federal de Goiás – Câmpus Goiânia que lhe garantam a identidade/institucionalidade do lócus onde está inserido, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. A formação de professores na Rede Federal iniciou na década de 1990 com a justificativa da escassez de professores de educação básica no Brasil. A escassez de professores, segundo pesquisadores, é um problema estrutural, produzido historicamente não apenas pelas condições de formação, mas também pelas condições de trabalho, salário e carreira às quais os professores estão submetidos. Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, criados em 2008 pela Lei 11892, porém originados em 1909, tem historicamente como missão a profissionalização do país em seu aspecto técnico e tecnológico. A licenciatura oferecida pelos Institutos Federais revela, portanto, um lócus diferente daquelas fornecidas por outras instituições de ensino superior. Com isto, a Rede Federal se consolida na atuação da formação de professores, mas com características específicas de uma instituição tecnológica, de acordo com a Lei nº 11892/2008. Os resultados parciais da pesquisa vislumbram um vasto campo de análise teórica e empírica, tendo em vista a complexidade, subjetividade e relevância dos dados obtidos. Espera-se produzir prioritariamente uma reflexão teórica acerca das principais características do curso de Licenciatura em Matemática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) – Câmpus Goiânia, de forma a privilegiar o lócus onde está inserido.

Veja o artigo completo: PDF