Resumo Trabalho

A SINDROME DE BURNOUT NA PROFISSÃO PROFESSOR

Autor(es): NATANAEL DA SILVA DOS SANTOS, ADRIANE MARIA ARAÚJO DO NASCIMENTO

ESTAMOS ATUALMENTE NA ERA GLOBALIZADA, UM PERÍODO MOVIDO POR CONSTANTES E RÁPIDAS TRANSFORMAÇÕES EM TODAS AS DIMENSÕES DA ESTRUTURA SOCIAL, PRINCIPALMENTE NO QUE REFERE-SE A DIMENSÃO DO TRABALHO QUE EXIGE QUE O PROFISSIONAL TENHA UMA ESTREITA RELAÇÃO COM OUTROS SUJEITOS AO ATENDÊ-LOS, O QUE GERA MUITAS INQUIETAÇÕES, INCERTEZAS , DÚVIDAS E DIFICULDADES POR PARTE DOS TRABALHADORES QUE DEVEM LIDAR COM ESSES SUJEITOS EM SITUAÇÕES ADVERSAS ,ACARRETANDO, DESTA FORMA, ALGUNS TRANSTORNOS MENTAIS, ENTRE ELES DESTACA-SE A SÍNDROME DE BURNOUT QUE É UMA CONSEQUÊNCIA DO ESTRESSE CRÔNICO CAUSADO POR INÚMEROS ASPECTOS QUE PERMEIAM A RELAÇÃO INTENSA COM OUTROS SUJEITOS NO ÂMBITO DO EMPREGO. ESTE TRABALHO BUSCA DISCUTIR SOBRE AS CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA SÍNDROME DE BURNOUT, QUE TRATA-SE DE UMA DOENÇA QUE TENDE A MANIFESTAR-SE NOS PROFISSIONAIS QUE TRABALHAM ATENDENDO DIRETAMENTE OUTRAS PESSOAS , EM ESPECIAL NA PROFISSÃO DOCENTE. PARA TANTO, FIZEMOS UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ANALISANDO AS PERSPECTIVAS DE ALGUNS AUTORES QUE APRESENTAM O CONCEITO DA SÍNDROME DE BURNOUT E SEUS SINTOMAS , LEVANDO EM CONSIDERAÇÃO PRINCIPALMENTE O TRABALHO DO PROFESSOR, QUE É UM DOS PROFISSIONAIS QUE CARREGAM UMA RESPONSABILIDADE IMENSA DE FORMAR CIDADÃOS ATIVOS NA SOCIEDADE E CRÍTICOS E REFLEXIVOS FRENTE A COMPLEXIDADE DA ATUALIDADE. PERCEBEMOS ,COM AS RESPOSTAS DESTE ESTUDO, A INSUFICIÊNCIA DE PESQUISAS RELACIONADAS A ESSA PAUTA E A NECESSIDADE DE AVERIGUAR OS MOTIVOS DO ADOECIMENTO DOS DOCENTES NO QUE TANGE O ESTRESSE RESULTANTE DE SUA ROTINA DE TRABALHO EXAUSTIVA E COMPLEXA E ABRIR CAMINHOS PARA A ARTICULAÇÃO DE ESTRATÉGIAS QUE EVITEM OU MESMO AMENIZEM ESSE PROBLEMA.

Veja o artigo completo: PDF