Resumo Trabalho

O PLANEJAMENTO COMO FERRAMENTA PARA A REGÊNCIA: EXPERIÊNCIA NO PIBID PEDAGOGIA DA URCA

Autor(es): ÂNGELA VITÓRIA ALVES LEAL, PEDRO HAWYR BEZERRA DA SILVA, SILENE CERDEIRA SILVINO DA SILVA e orientado por LUIZ CARLOS CARVALHO SIQUEIRA

ESSE ARTIGO TRATA DO PLANEJAMENTO DOCENTE COMO FERRAMENTA PARA O PROFESSOR NO MOMENTO EM QUE MINISTRA SUA AULA. JUSTIFICA-SE PELA NECESSIDADE DE ABRANGER AS CARACTERÍSTICAS DO PLANEJAMENTO E O AUXILIO QUE AS MESMAS PROPORCIONAM PARA A PRÁTICA DO EDUCADOR EM SALA DE AULA. DIANTE DESSE CONTEXTO, ELABORAMOS A SEGUINTE PROBLEMÁTICA: COMO O PLANEJAMENTO PEDAGÓGICO SUBSIDIA A PRÁTICA DE REGÊNCIA DOS PIBIDIANOS? PARA RESPONDER ESSA PERGUNTA SEGUIMOS O OBJETIVO DE COMPREENDER AS DIMENSÕES QUE CERCAM O PLANEJAMENTO. A METODOLOGIA UTILIZADA FOI A PESQUISA PARTICIPANTE QUE ENVOLVE A INSTITUIÇÃO PESQUISADA NOS MÉTODOS EMPÍRICOS DOS ESTUDOS. OS TEÓRICOS OBSERVADOS FORAM FARIAS E ET AL (2014) FOCO PRINCIPAL NESSA PESQUISA, E OS DEMAIS MONTANDON (2012), PEREIRA E OLIVEIRA (2018), CASTRO E ET AL (2008), FREIRE (1996; 2018) E PERRENOUD (2008). COMO RESULTADOS, PERCEBEMOS QUE O PLANEJAMENTO APESAR DE SER UM ATO QUE ESTÁ PRESENTE NO COTIDIANO AINDA NECESSITA QUE HAJA UMA REFLEXÃO SOBRE SUA PRÁTICA. CONSIDERAMOS ESSE ARTIGO RELEVANTE NA MEDIDA EM QUE ENTENDEMOS A DIFICULDADE QUE MUITOS PIBIDIANOS TÊM EM ADOTAR O PLANEJAMENTO COMO FERRAMENTA DE PESQUISA PARA O DESENVOLVIMENTO ACADÊMICO E PROFISSIONAL.

Veja o artigo completo: PDF