Resumo Trabalho

AS TEORIAS VYGOTSKIANAS E SUAS APLICAÇÕES NA SALA DE AULA

Autor(es): CÁSSIA MARIA LIMA ALMEIDA e orientado por PROFA. ME. IARA SARAIVA MARTINS

Neste trabalho apresentamos um estudo sobre o processo de desenvolvimento cognitivo na perspectiva Vygotskiana, através do ensino do Inglês, como língua estrangeira, e da imprescindível contribuição desta teoria para a formação docente. O trabalho foi baseado em uma atividade de extensão promovida pela Professora Iara Saraiva Martins na disciplina de Psicologia do Desenvolvimento, do curso de Licenciatura em Letras Português-Inglês, do Instituto Federal de Ciências e Tecnologias do Ceará (IFCE). Objetivou-se descrever a interação como um importante processo de aprendizagem e de desenvolvimento cognitivo humano. Inicialmente foram realizadas leituras, estudos e discussões sobre a teoria apresentada para depois partir para a prática em sala de aula, onde empregamos atividades com música, cards, bingo, pintura em grupo e peça teatral. O momento proporcionado foi de melhor aproveitamento por parte dos alunos, pois puderam ser sujeitos ativos no processo de aprendizagem através da interação, linguagem e atividades recreativas. Dessa forma, percebeu-se a importância do professor ter consciência da necessidade de interação dos alunos com o meio e seus pares, como forma de construção e transformação do seu ambiente social. Após as ações desempenhadas, estudos e observações sob a perspectiva Vygotskiana, foi possível compreender com clareza como acontece o processo de desenvolvimento através da interação e o quanto a teoria sociointeracionista contribui significativamente para a formação de professores e alunos autônomos e críticos. Além disso, concluiu-se também o quanto a atividade de extensão juntamente com a pesquisa cientifica possuem extrema importância para a formação do professor como parte essencial do desenvolvimento pessoal, acadêmico e ainda, não menos importante, como uma forma de compromisso com a sociedade.

Veja o artigo completo: PDF