Resumo Trabalho

COMPORTAMENTO DESVIANTE: UMA PERSPECTIVA UNIVERSITÁRIA

Autor(es): CICERO RENATO LIMA e orientado por ANTÔNIO CARLOS LEITE BARBOSA

Este trabalho tem como objetivo estudar a ação da sociedade de estigmatizar determinados grupos dissemelhantes por meio de atributos pré-determinados que divergem dos padrões impostos pela maior parcela seus componentes sob concepções de autores renomeados da Sociologia, voltado exclusivamente para o âmbito universitário averiguando pontos de vistas distintos. O estudo sobre os fenômenos sociais existentes em uma determinada sociedade começou em meados do século XIX nos Estados Unidos, mais especificamente em Chicago após a criação da Universidade de Chicago e que nesse momento contava com uma grande diversidade étnica e cultural em seu território fomentando o departamento de Sociologia a analisar o comportamento social desses indivíduos. Contudo, esses estudos estão analogamente associados as ideias durkheimiana sobre os conceitos de normalidade e anomalia e sua correlação sobre o olhar crítico de aceitável ou não aceitável sobre o cunho jurídico e extrajurídico que abarcam a exclusão ou inclusão de um determinado indivíduo em uma determinada sociedade, em suma proporcionando a criação de uma identidade especifica a ser seguida pelos seus integrantes. Contudo, parti daí o fenômeno social de estigmatizar um definido sujeito, que, por ora, passa a não cumprir certos conceitos inclusos no ideal criado pela sociedade se caracterizando como desviante e consequentemente o sujeito é reprimido sendo alvo de críticas e outras maneiras de hostilizar, muitas vezes como uma forma de colocar o indivíduo no caminho do padrão ao qual o grupo pertencer. A metodologia consistiu na revisão bibliográfica em fontes secundárias, como artigos científicos e levantamentos informais para obtenção de dados empíricos junto ao alcance do objetivo e consolidação a respeito de ações marcantes na mídia brasileira. Os resultados evidenciaram que o integrante discente do âmbito universitário tem total conhecimento sobre os acontecimentos que se enquadram no ideário popular promovido pela mídia, se mostrando imparciais sobre julgamentos relacionados a estereótipos ou estigmas socialmente construídos.

Veja o artigo completo: PDF