Resumo Trabalho

O USO DE ESTRATÉGIAS DE ENSINAGEM NA SALA DE AULA: EXPERIÊNCIA DE JÚRI SIMULADO NA AULA DE SOCIOLOGIA

Autor(es): JOÃO DANIEL DE LIMA SIMEÃO

O estudo e debates dos conteúdos e temas das Ciências Sociais no Ensino Médio é de significativa importância na formação de jovens críticos e capacitados para atuação profissional social e política, como tem evocado e desejado os documentos regulamentadores da educação básica do Brasil. Todavia, numerosas são as adversidades e as carências do sistema educacional brasileiro, tanto de caráter humano como estrutural, que provocam nos docentes a necessidade de reinventar-se e de galgar meios que atraiam os discentes e os motivem ao exercício do “aprender a aprender” PCN (2000). Faz-se necessário renegar a Pedagogia Tradicional e propiciar o protagonismo do aluno na sala de aula e no planejamento dos temas curriculares. Como exemplo de uma técnica de ensino que propicia um profícuo debate e interesse do aluno pelo assunto proposto pelo professor, tem-se o Júri Simulado, neste espaço debatido e praticado à luz das autoras ANASTASIOU e ALVES (2003). Desta forma, neste trabalho apresenta-se um relato de experiência e problematização à cerca da realização desta estratégia de ensinagem. A aplicação desta atividade foi realizada numa aula de Sociologia, enquanto se trabalhava os conceitos de Relativismo Cultural e Etnocentrismo. A turma foi o 2º ano B do Ensino Médio, turno vespertino do Colégio Estadual do Atheneu Norte Riograndese (SEEC/RN), como intervenção do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), por meio do subprojeto de Ciências Sociais da UFRN.

Veja o artigo completo: PDF