Resumo Trabalho

REGRESSÃO DE MASSA CORPORAL, DE MASSA DE OVÁRIO E DE MASSA DE OVIDUTO EM CODORNAS JAPONESAS SUBMETIDAS A MUDA INDUZIDA.

Autor(es): MARIA IZABEL FLORINDO GUEDES e orientado por MARIA IZABEL FLORINDO GUEDES

Existem vários métodos para a realização da muda forçada que podem ser reunidos em três grupos: os que utilizam drogas, chamados de farmacológicos; os nutricionais, que modificam a concentração de determinados íons na ração como zinco e finalmente os métodos de manejo, provocando jejum nas aves. Uma alternativa viável em substituição ao método convencional de manejo é o que se utilizam dietas com óxido de zinco, em altas concentrações na alimentação das aves, pois, os animais ficam livres do estresse provocado pelo jejum alimentar. Altos níveis de zinco provocam anorexia levando a pausa na postura ou indução de muda. Foram utilizadas 87 codornas japonesas de dez meses de idade. O tratamento consistiu em administrar, ad libidum, água e ração durante quatro dias consecutivos. Quarenta aves retornaram à produção após voltar a consumir ração de sem adição do óxido de zinco. Nas aves o ovário antes do inicio do processo de muda induzida, representava 2,73% da massa corporal da ave, decrescendo no segundo dia para 1,05% e para 0,41% no quarto dia após o inicio do processo. O oviduto apresentou relação com massa corporal da ave de 2,23%, 1,93%, 1,66%. O trato reprodutivo como conjunto se comportou, reduzindo proporcionalmente o percentual sobre a massa corporal da codorna. Houve uma redução nas massas corporal da ave, do ovário e do oviduto, mas mostrou que a proporção de perda de massa dos órgãos foi maior que a perda de massa corporal da codorna. O percentual de regressão de ovário e oviduto foram mensurados quando a perda de massa corporal alcançou de 20, 25, 30 e 35%. O índice de mortalidade foi 10,34%. O retorno à produção se deu depois duas semanas após o inicio da ingestão de ração de postura formulada pela granja. O índice de produção chegou a 80% de postura, ficando superior ao índice do final do primeiro ciclo que estava em 60%. Nas condições deste experimento as codornas japonesas se mostraram aptas à pratica de muda induzida através do método nutricional com uso do óxido de zinco em altas concentrações, mas por um curto período de aplicação, pois este método provocou um alto índice de anorexia nas aves com uma perda de peso acentuado e muito rápido.

Veja o artigo completo: PDF