Resumo Trabalho

SABERES, SONS, AROMAS, SABORES, HISTÓRIAS, CORES, RESISTÊNCIA: AS CONTRIBUIÇÕES DO CANDOMBLÉ PARA OS CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES.

Autor(es): BELIJANE MARQUES FEITOSA

O objetivo deste trabalho é apresentar elementos que possam identificar os terreiros de Candomblé como espaços educativos e de discussão das relações étnico-raciais. O trabalho se desenvolveu com a disciplina “Educação etnicorracial e diversidade” nos cursos de Pedagogia e Ciências Biológicas da UFCG/CFP. Foi visitado o Ilê Axé Runtó Rumbôci, terreiro de Candomblé situado em Cajazeiras/PB. Observamos a importância e o significado desta atividade, na perspectiva de construir uma outra representação sobre o Candomblé enquanto religião, o que pode vir a contribuir na construção e formação de identidades e de representações e sentidos que perpassam o comportamento dos indivíduos. Assim, esperamos contribuir para com a construção de respeito à diversidade de crenças, e de convivência com o diferente, preservando a história dos nossos ancestrais, minimizando preconceitos e destacando o modo de ser e fazer no Candomblé através dos seus ritos, cantigas, preceitos, celebrações, dialetos.

Veja o artigo completo: PDF