Resumo Trabalho

APLICAÇÃO DA LEI Nº 10.639/03 NO 4° E 5° ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE DUAS ESCOLA MUNICIPAIS E DUAS ESTADUAIS DE BELÉM-PA

Autor(es): JÉSSICA REGINA MARIANO, JULIANY DE SEIXAS CARDOSO e orientado por MARIA CÉLIA VIRGOLINO BARROS PINTO

O presente artigo propõe fazer uma análise de uma pesquisa em andamento, a respeito da aplicação da Lei nº 10.639/03 no 4º e 5º ano do ensino fundamental de quatro escolas, duas estaduais e duas municipais, localizadas na cidade de Belém-PA. Pois acreditamos que nesse processo de formação, a criança começa a ter contato com novas realidades, ou seja, na escola lhes são apresentadas novas culturas e valores. E o pedagogo como um agente social, um formador de opinião, deve lutar por uma educação livre de estereótipos, de preconceito e de intolerância. Com isso, a atuação desse profissional na sociedade deve ser ativa e consciente, fazendo seu papel de agente transformador, buscando ajudar no processo de educação para melhorar a realidade dos cidadãos. Nessa perspectiva, as graduandas do curso de Licenciatura Plena em Pedagogia, da Universidade do Estado do Pará, afim de mostrar a comunidade acadêmica e social a aplicação da Lei 10.639/03 nos dois últimos anos do ensino fundamental um, tendo como objetivos saber se a história e cultura africana e dos afro-brasileiros estão sendo ministrados e como esses assuntos estão sendo trabalhados no âmbito escolar. A pesquisa se encontra na coleta de dados, no qual está sendo feita a observação e conversas informais, posteriormente será realizada as entrevistas individuais juntamente com a aplicação do questionário para os professores do 4º e 5º ano do ensino fundamental. A princípio, como base no que já foi observado, notamos a resistência na realização de atividades voltadas para cultura e história dos negros. No entanto, ao termino das análises de dados, acredita-se que a pesquisa irá trazer novos olhares a respeito das relações étnico-raciais, tanto dentro da instituição escolar, como em outros ambientes sociais. Dessa forma o artigo em questão, promoverá reflexões que contribuem para o fim do preconceito étnico, racial, cultural e social, existente na atual sociedade brasileira.

Veja o artigo completo: PDF