Resumo Trabalho

A PEDAGOGIA DA ALTERNÂNCIA E A FORMAÇÃO DE JOVENS AGRICULTORES NA TRANSAMAZÔNICA

Autor(es): SIDNEIA SANTOS DE SOUSA, ÉRITA MARIA RODRIGUES DE OLIVEIRA e orientado por PROFº. DR. PAULO LUCAS DA SILVA

O presente estudo é parte dos resultados de pesquisa do Grupo de estudos: Dialética, Educação e Cultura – Campo e Cidade (GEDEC-CC). O objetivo é analisar a formação de jovens agricultores, estabelecendo pontos comuns entre o discurso e a prática principalmente no que se refere a proposta de Pedagogia da Alternância, para tanto toma para a discussão a proposta desenvolvida pela Casa Familiar Rural na região da Transamazônica. A pesquisa desenvolveu-se com a abordagem Dialética do tipo qualitativa, com resultados baseados em pesquisa documental, empírica e revisão bibliográfica. Por meio da Pedagogia da Alternância a Casa Familiar Rural propõe a jovens agricultores a “formação integral técnico-profissional” e a “formação integral humana”. De forma geral consideramos que tal proposta, apesar das limitações vem se constituindo como uma alternativa significativa de educação do campo, pois além da formação escolar e profissional, contribui para o desenvolvimento das pessoas e do meio.

Veja o artigo completo: PDF