Resumo Trabalho

BRINCAR NA ESCOLA: ESPAÇO, DIREITO E PATRIMÔNIO

Autor(es): ROGÉRIO COSTA WÜRDIG e orientado por ROGÉRIO COSTA WÜRDIG

Este trabalho discute as duas fases do Projeto de Extensão “Brincando na Escola” da FaE/UFPel (08/2015 a 12/2014) desenvolvido em três escolas públicas e uma assistencial no município de Pelotas. Participaram 33 estudantes do curso de Pedagogia/FaE/UFPel e cerca de 230 crianças. Objetivamos garantir, preservar e ampliar a cultura lúdica e qualificar a formação inicial através do exercício de uma docência brincante. Após contato com escola, reconhecimento do espaço e conversas com as crianças, passamos para os estudos, planejamento semanal das brincadeiras e oficinas brincantes. Percebemos que as crianças solucionavam os conflitos com diálogo, brincavam na escola e em casa com as brincadeiras do Projeto. Embora seja visível a precariedade, a falta de manutenção e a redução dos espaços, ainda é possível reocupá-los de tal forma que não impeçam que as brincadeiras aconteçam. Nossa preocupação é garantir o direito de brincar e, assim, preservar e ampliar a cultura lúdica.

Veja o artigo completo: PDF