Resumo Trabalho

O CURRÍCULO DA EJA NA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO LUÍS: UM OLHAR REFLEXIVO SOBRE A PROPOSTA CURRICULAR

Autor(es): FELIX BARBOSA CARREIRO, MARGARETH SANTOS FONSECA

Este trabalho objetiva o estudo reflexivo-crítico sobre o currículo da Educação de Jovens e Adultos (EJA), adotado na Rede Municipal de Ensino de São Luís. Com aporte teórico em Freire (1996), Oliveira (2005), Martins (2004), entre outros, buscou-se realizar um levantamento bibliográfico de pesquisa documental. Para subsidiar, também, a análise qualitativa utilizou-se a observação direta das ações ações pedagógicas dos profissionais da educação que atuam nas salas de aula da EJA. Os resultados parciais já denotam a necessidade de reestruturação da referida Proposta Curricular, e de redimensionar algumas concepções no campo dos saberes docentes. Constatamos que o corpo docente da EJA, em geral, não adota as orientações curriculares da referida Proposta. Observamos que os baixos indicadores das avaliações externas e o alto índice de evasão escolar, revelam a importância e a urgência pedagógica de aprofundamento de estudos do referido documento curricular para socialização em espaços de Formação Continuada, objetivando a melhoria das práticas pedagógicas do/a educador/a da EJA na rede municipal de Educação. A presente produção textual segue a seguinte estrutura: 1) Introdução, 2) Contextualizando o tema, 3) Eixos norteadores da Proposta Curricular da EJA, 4) Resultados e discussão e 5) Conclusão. Na Introdução apresentamos os procedimentos metodológicos do trabalho. Ao contextualizarmos o tema enfatizamos os aspectos históricos da EJA na rede municipal de São Luís do Maranhão. Ao discorrermos sobre os eixos norteadores, destacamos a organização da Proposta Curricular e assumimos a formação para a cidadania como eixo norteador primordial da referida Proposta. Seguindo o rigor científico alcançou-se parcialmente o resultado do trabalho evidenciado em mudanças de paradigmas na EJA, culminando como a objetivação legal de algumas decisões. Por exemplo, a Proposta Curricular da EJA da rede municipal de educação de São Luís foi aprovada pelo Conselho Municipal de Educação (CME) mediante a resolução nº 17 do ano de 2010, cujo documento requer aprofundamento das funções reparadora, equalizadora e qualificadora da EJA. Tendo como horizonte a garantia do direito a uma escola pública, popular e democrática, na qual os educandos da EJA têm a possibilidade de ter acesso, de permanecer e ter sucesso na escola.

Veja o artigo completo: PDF