Resumo Trabalho

REPRESENTAÇÃO DA VIOLÊNCIA NA ESCOLA: UM ESTUDO DESCRITIVO COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Autor(es): SARA VIANA ROCHA, STÉPHANI SILVEIRA FRANCELINO e orientado por PROFESSORA DOUTORA MARIA DE FÁTIMA DE ANDRADE FERREIRA

A presente pesquisa analisou representação da violência na escola, observando ocorrências do fenômeno entre alunos, de que modo esses sujeitos se comportaram na escola e seus professores reagem diante do problema na sala de aula. O fundamento teórico baseou-se em Abramovay (2009), Charlot (2002), dentre outros e o percurso metodológico pautou-se nos princípios da pesquisa descritiva e qualitativa (GIL, 2002) e representações (BOURDIEU, 1990). Os resultados apontam que para os participantes, a violência tem sua origem nos problemas relacionados à realidade vivida por eles no cotidiano escolar e social e expressa a representação da violência física e/ou simbólica. O problema da violência na escola deixa de ser visto como apenas dos alunos, moradores de periferias com elevados índices de violências e passa a ser também da escola, o que está em jogo é a capacidade da escola de gerir conflitos.

Veja o artigo completo: PDF