Resumo Trabalho

OS DESAFIOS DA EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA NO ALTO RIO NEGRO

Autor(es): CIRLENE BATISTA DOS SANTOS e orientado por IVANI FERREIRA DE FARIA

Os povos indígenas têm lutado por experiências alternativas de educação escolar indígena, e estas lutas coincidem com a abertura da democracia, pois a partir das conquistas de 1988, novas experiências são implementadas por organizações indígenas e não indígenas e organizações não governamentais. A discussão sobre a política de educação escolar indígena está tendo uma ênfase muito forte entres os povos indígenas, principalmente entre os povos do Alto Rio Negro, pois os professores, lideranças, representantes de associações e organizações indígenas conhecem o artigo 205 da Constituição e o decreto 686/2009 que trata da Educação Escolar Indígena e sua organização em território Etno educacionais, são conhecedores das leis que a amparam. No entanto, dificuldades ainda são encontradas. o objetivo deste é fazer uma análise e compreender as dificuldades na implementação da Educação Escolar Indígena no Alto Rio Negro. Dificuldades estas enfrentadas pelos professores indígenas e quais as políticas públicas voltadas para educação escolar indígena nas comunidades do alto rio Negro,a pesquisa foi desenvolvida não apenas na região com a maior pluralidade linguística do país, mas também em duas das maiores terras indígenas já demarcadas no Brasil, compreendendo o terceiro maior município em extensão territorial.

Veja o artigo completo: PDF