Resumo Trabalho

A UNIVERSIDADE PÚBLICA NO SÉCULO XXI: REFLEXOS NEOLIBERAIS NA REFORMA DAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR NO BRASIL, PIBIC.

Autor(es): DANIEL SILVA BRANDÃO e orientado por DENILSON DINIZ PEREIRA

O atual cenário das universidades públicas no Brasil, revela a crise institucional que se constituiu em seu meio devido ao embate epistemológico entre redefinição e hegemonia, afetando assim diretamente a autonomia desta instituição na sociedade. A crise institucional que se instalou devido as implicações do movimento histórico entre Estado e do Mercado – no que se refere a Teoria Neoliberal – resultou na contradição da incapacidade da universidade pública em atender as demandas sociais do Estado e produzir mão-de-obra para o Mercado, fazendo assim com que os agentes econômicos e públicos buscarem fora das universidades públicas novos meios de alcançarem seus objetivos. É nesse contexto, que surge a ideia de precarização das instituições públicas de ensino superior no Brasil, foco principal das discussões propostas neste trabalho. Para tal, o caminho das discussões presentes fora por meio da pesquisa bibliográfica, na qual foi utilizado autores que discutem a temática da universidade pública no século XXI e da precarização da educação. Produzindo resultados significantes a ressignificação do trabalho docente ante as políticas de redefinição de cunho neoliberal.

Veja o artigo completo: PDF