Resumo Trabalho

VIVENCIANDO ASPECTOS COGNITIVOS EM CRIANÇAS COM 4 ANOS DE IDADE ATRAVÉS DA BRINCADEIRA “O PANO ENCANTADO”

Autor(es): FERNANDA MARIA SOUSA MARTINS, KARLA REGIANE VIEIRA COSTA e orientado por JULIANA SOARES

O artigo mostra a importância do brincar para o desenvolvimento cognitivo de crianças com 04 anos de idade, através da brincadeira “o pano encantado”. Este foi realizado em uma instituição privada da cidade de Campina Grande-PB. A brincadeira à qual este artigo se relaciona consiste em uma atividade cantada, onde as crianças são conduzidas a usar aspectos cognitivos, tais como: imaginação, a atenção, memoria e concentração para transformar o pano em diversos personagens, desde um barco, a um cavalo, um trio elétrico e uma cama. Ao brincar, a criança desenvolve o domínio da linguagem simbólica, ou seja, da imaginação. É através das brincadeiras que as crianças revelam suas condições de vida, anseios e desejos, utilizando também a linguagem desde a corporal, até a oral, escrita, musical e plástica. Segundo Vygotsky ao brincar, a criança assume papéis e aceita as regras próprias da brincadeira, executando, imaginariamente, tarefas para as quais ainda não está apta ou não sente como agradáveis na realidade. Foram realizadas analises bibliográficas, tais como GARDNEI, JEAN PIAGET, KISHIMOTO bem como o RCNEI, todas associadas com as atividades práticas realizadas e relacionadas com o tema deste artigo, onde podemos perceber que a criança se torna única dentro do contexto social a qual ela está inserida. Por ter uma singularidade e especificidades distintas, que é própria da sua fase de desenvolvimento, brincando a criança aprende a pensar, a lidar com situações adversas, rever sua realidade e a partir daí cria seus conceitos; conceitos estes que irão conduzi-las à uma vivencia única dentro do seu contexto social. Através do brincar a criança apreende conceitos e cria realidade que irão ser conduzidas durante toda a sua vida.

Veja o artigo completo: PDF