Resumo Trabalho

O TRANSTORNO GLOBAL DO DESENVOLVIMENTO NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO ESCOLAR: ANALISE, REFLEXÃO E FORMAÇÃO EM FOCO.

Autor(es): JOÃO DIEGO DA SILVA FERREIRA, LUCIA MONTEIRO PADILHA e orientado por GENYLTON ODILON RÊGO DA ROCHA

A inclusão escolar é uma temática em foco no contexto educacional brasileiro. Isto é, visualizamos o acesso das pessoas em situação de deficiência na escola regular e as transformações das teorias em práticas inclusivas. Buscamos demonstrar a definição e características do aluno com Transtorno Global do desenvolvimento no contexto escolar, visualizando, o papel social da escola e as adaptações de pequeno porte para inclusão do aluno com deficiência e o aperfeiçoamento dos profissionais da educação. O foco da pesquisa partiu das discussões realizadas no grupo de pesquisa (INCLUDERE) e através de levantamento bibliográfico que proporcionaram um relevante conhecimento sobre a temática da inclusão no espaço educacional. Tem por objetivo capacitar o profissional da educação para reconhecer e atuar na perspectiva da inclusão escolar com destaque para as adaptações de pequeno porte. Os resultado parte da profícua formação do discente do curso de pedagogia na Universidade Federal do Pará, assim, fomentando o conhecimento amplo sobre as pessoas em situação de deficiência no contexto educacional inclusivo. A discussão leva a refletir sobre o processo de formação de professores e a necessidade de capacitação dos docentes para atuarem no ambiente de ensino inclusivo. Ou seja, percebemos que é fundamental no espaço escolar o desenvolvimento curricular, das adaptações de grande porte e a implantação de políticas eficazes para a inclusão do aluno em situação de deficiência. Como fundamentação teórica utilizamos Carvalho (1999) para discutir os direitos das pessoas com deficiência; Estevão (2010) para discutir adaptações curriculares; Mazzotta (2003) Deficiência, Educação Escolar e Necessidades Especiais: reflexões sobre inclusão socioeducacional e entre outros. Enfim, o trabalho ressalta que a inclusão escolar é um processo em construção no país. Porém, as ações implantadas na escola regular são lentas diante do sistema tradicional da educação. Observa-se que o papel do professor é importante para que a escola possa possibilitar resultados positivos para a inclusão dos alunos com TGD ou outras deficiências. Mas, isso não basta, a responsabilidade da inclusão escolar é de todos, como a sociedade, o governo e as famílias das pessoas em situação de deficiência. Dessa forma, construindo um mundo sem desigualdades e segregação.

Veja o artigo completo: PDF