Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO EPIDEMIOLOGICA DA LEISHMANIOSE VISCERAL NA CIDADE DE IMPERATRIZ, MARANHÃO.

Autor(es): NATÃ SILVA DOS SANTOS, GUSTAVO DE ALMEIDA SANTOS e orientado por MÁRCIA GUELMA SANTOS BELFORT

A Leishmaniose Visceral (LV) é uma doença infecciosa, de evolução rápida, marcada por febre irregular de intensidade média e de longa duração, entre as formas clínicas das leishmanioses, a LV ou calazar constitui-se a mais grave, pois, quando não tratada adequadamente, determina elevados índices de letalidade. O Maranhão foi o Estado do Nordeste com maior número de notificações durante o período de 2000 a 2008, totalizando 5.052 casos, mantendo uma média de mais de 500 casos por ano. Nos anos de 2010 a 2015 de acordo com os dados obtidos, no Município de Imperatriz-MA foram registrados 118 casos de LV uma média de 19,6 casos por ano, onde os homens são os mais infectados com 58,47% de todos os casos notificados.

Veja o artigo completo: PDF