Resumo Trabalho

RAZÃO E SENSIBILIDADE COMO ARTICULAÇÕES NECESSÁRIAS NO DESENVOLVIMENTO CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA DO PROFEBPAR: A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NOS MUNICÍPIOS MARANHENSES.

Autor(es): MARIA JOSÉ ALBUQUERQUE SANTOS, MARGARETH SANTOS FONSECA e orientado por MARIA JOSÉ ALBUQUERQUE SANTOS

Este texto pretende esboçar uma análise das ações pedagógicas no desenvolvimento curricular no Curso de Pedagogia, do Programa de Formação de Professores para a Educação Básica do Plano de Ações Articuladas- PROFEBPAR. A grande questão mobilizadora desta inquietação se insere neste âmbito: como articular razão e sensibilidade para movimentar um repertório de saberes na formação de professores, das redes públicas dos municípios maranhenses? Metodologicamente, pretendemos responder a questão mobilizadora a partir do objetivo traçado com incursões na pesquisa bibliográfica sobre currículo, razão e sensibilidade numa espécie de enlace epistemológico, em seguida delinearemos os aspectos mais metodológicos utilizando da observação participante, nos acercando de autores como Sacristán (2000). Minayo (2001) entre outros, para melhor nos aproximarmos de possíveis respostas que encaminharão para novas e intensas buscas investigativas. Um dos pilares que o Programa fomenta é a oferta das Licenciaturas para docentes em exercício na rede pública da Educação Básica.

Veja o artigo completo: PDF