Resumo Trabalho

METAMORFOSE DO SUJEITO NA ESCOLA DE ARTES CASULO

Autor(es): ANTÔNIO MICAEL PONTES DA SILVA e orientado por DR. IVAN MAIA DE MELLO

Este trabalho, em caráter interdisciplinar em educação e artes, visa problematizar como algumas propostas pedagógicas, com ênfase nas atividades teatrais elaboradas pela Escola de Artes CASULO (Crianças e Adolescentes Sintonizados no Universo de Liberdade Ocupacional), situada no município de Palmácia-CE, estão presentes no processo de aprendizagem na seguinte metáfora da metamorfose: a lagarta que se transforma em borboleta, tornando a vida como obra de arte. O objetivo foi de analisar nessa metáfora o processo da formação de sujeitos que toma a vida como atividade criadora. Foi levada adiante como método a interpretação perscectivista genealógica, ao modo formulado pelo filosofo Nietzsche, que elabora a concepção do caráter estética da existência, concebendo “a vida como obra de arte”, algo contido em O Nascimento da Tragédia. Desse modo, podemos refletir na formação de um modo de vida criativo-reflexivo, resultando em uma criação estética, que faz da própria vida uma obra de arte.

Veja o artigo completo: PDF