Resumo Trabalho

HISTÓRIAS DA LITERATURA INFANTIL COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA A FORMAÇÃO HUMANA NO CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE TUCURUÍ - PA

Autor(es): SIMONE LIMA RIBEIRO, ADYLE JAMILLE GOMES BENTO e orientado por BENILDA MIRANDA VELOSO SILVA

O presente artigo é resultado do trabalho desenvolvido na Disciplina Estágio Supervisionado em Ambiente não Escolar, do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia, da Universidade Federal do Pará-UFPA, Campus Cametá, Polo Tucuruí. Tais considerações são oriundas das atividades realizadas no CRAS - Centro de Referência de Assistência Social Aida Damasceno, localizado no município de Tucuruí, sudeste do Pará. Ao longo do artigo apresentaremos de forma detalhada o desenvolvimento destas atividades em que foram abordados temas envolvendo os valores humanos, fundamentais para a construção do sujeito social. A contação de histórias da literatura infantil foi o recurso escolhido para alcançar os objetivos do projeto, tal recurso, nesse contexto revela-se como um instrumento comprometido com a formação humana, a fim de contemplar aprendizagens interessantes e significativas num espaço de educação não formal. O artigo enfatiza a importância da escolha das histórias da literatura infantil, que devem conter exemplos de fácil compreensão além, é claro, de estimular a criticidade nas crianças. Apresentaremos ao longo do artigo os variados recursos utilizados no estágio, em que buscamos priorizar o universo infantil através da ludicidade, a fim de despertar o interesse e a imaginação das crianças. Mostraremos também os resultados positivos alcançados com a contação de histórias da literatura infantil, observados a partir das significativas mudanças no comportamento das crianças durante o estágio. Com essa experiência pode-se concluir, embasados em teóricos como Dhome (2010), Lajolo (2008) entre outros, que a contação de histórias da literatura infantil é um eficiente recurso pedagógico, pois promove aspectos cognitivos, afetivos, culturais e sociais, despertando ainda o apreço pela literatura, neste caso utilizada para a formação de valores humanos.

Veja o artigo completo: PDF