Resumo Trabalho

UMA ANÁLISE DO EIXO ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE DO ENSINO MÉDIO DA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

Autor(es): JEAN MARTINS DE ARRUDA SANTOS, LÁZARO RANGEL SILVA DE ASSIS

As propostas curriculares de matemática têm justificado a importância que a estatística e a probabilidade possuem na formação dos estudantes para que possam atuar de forma efetiva na sociedade como cidadãos críticos. Este tema tem sido alvo de pesquisas em muitos países devido a sua relevância nos moldes sociais e educacionais. É importante ressaltar que a estatística e a probabilidade são relevantes para a nossa atuação em sociedade, pois possibilitam a reflexão sobre diversos fatos que venham a ocorrer no nosso cotidiano. Diante disso, este artigo tem como objetivo apresentar os resultados de uma análise realizada sobre o eixo “estatística e probabilidade” referente ao Ensino Médio da Base Nacional Comum Curricular. Em um primeiro momento, discutimos sobre a importância deste tema na Educação Básica. Em seguida, apresentamos algumas recomendações presentes na BNCC relacionada ao ensino de matemática. Por fim, fazemos uma análise crítica sobre o eixo presente no Documento Curricular e, além disso, discorremos sobre suas implicações no processo de ensino e aprendizagem. Os resultados mostraram que no que se refere ao ensino de estatística e probabilidade, podemos destacar um tímido avanço deste eixo na BNCC. Observamos que o presente não foi tão enfatizado neste documento, apesar das pesquisas apontarem uma necessidade dos professores em trabalharem com estes temas em sala de aula. Através da análise a cerca dos Objetivos de Aprendizagem propostos, percebemos que o referido eixo é tratado de modo bastante superficial. Existe uma tendência em considerar as operações aritméticas como primordiais não respeitando as aplicações cabíveis e em conexão com os contextos regionais.

Veja o artigo completo: PDF