Resumo Trabalho

DINAMISMO NA AULA DE GEOMETRIA: O TANGRAM COMO FERRAMENTA PARA O ENSINO DE ÁREAS DE FIGURAS PLANAS

Autor(es): MARIA BETÂNIA DOS SANTOS MELO, DAISY MICAELLY GOMES DE MÉLO e orientado por AIRLAN ARNALDO NASCIMENTO DE LIMA

O presente trabalho foi desenvolvido a partir de uma sequência de aulas realizada em uma turma de segundo ano do ensino médio de uma escola pública estadual, funcionando em tempo integral, localizada na cidade de Pesqueira-PE por meio do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência – PIBID (Programa no qual permite estudantes de licenciaturas a ingressarem no ambiente escolar de forma que vivenciem num espaço de educação das escolas públicas o trabalho de ensinar o conhecimento para alunos da educação básica). Trabalhando o conteúdo “áreas de figuras planas”, uma vez que é um tema que está contido no bloco da geometria e que na maioria das vezes se trata de um assunto que traz dificuldades tanto para os educadores e consequentemente para os estudantes, partindo do ponto de que há um desinteresse por essa parte da matemática, justamente por sua complexidade, foram propostas atividades dinâmicas que incluíam a construção de um tangram e a manipulação de suas peças nas quais tiveram por objetivo incentivar os alunos a descobrirem por si mesmos a relação que há entre as áreas do quadrado, triângulo, retângulo e paralelogramo. Dessa forma os resultados obtidos após a análise das atividades indicam que com a realização dessa proposta didática contribuímos de maneira dinâmica para uma aprendizagem satisfatória e eficiente. Uma aprendizagem que possibilitou aos estudantes a interação com o raciocínio e o senso de intuição, juntamente com a socialização de conhecimentos no ato de solucionar problemas e desafios, afim de que pudessem aperfeiçoar e concretizar os conceitos estudados.

Veja o artigo completo: PDF