Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO FINANCEIRA: UMA ABORDAGEM MATEMÁTICA

Autor(es): GENIELSON DE JESUS NASARÉ MENDES, ANDRESSA CAMPOS SILVA DE MATOS

Este texto tem por objetivo fazer um relato de experiência acerca das atividades desenvolvidas no Subprojeto de Matemática do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus São Luis/Monte Castelo. As atividades aqui relatadas – Desejos e Necessidades, Aprendendo a Usar o Cheque, Cesta Básica, Trajetória de Compras – fazem parte de um projeto sobre educação financeira realizada em uma das escolas parceiras de Ensino Fundamental – Unidade Integrada Barbosa de Godóis e Unidade de Educação Básica Senador Miguel Lins. Este relato de experiência se refere às atividades desenvolvidas na Unidade Básica Senador Miguel Lins. Este foi idealizado a partir de uma discussão durante uma reunião entre os bolsistas e a Coordenadora de Área. O objetivo deste projeto é abordar este tema no ambiente escolar, levando os alunos a refletirem sobre suas transações financeiras relacionando conteúdos matemáticos a situações de consumo do cotidiano. O desenvolvimento deste se deu em duas turmas do 7º ano (71 e 72) no ano de 2016. Ao longo das atividades os alunos se mostraram interessados nas propostas de atividades sugeridas pelos bolsistas, realizando o que foi pedido e interagindo com os demais colegas de sala. O projeto de educação financeira proporcionou, tanto aos alunos como aos bolsistas, a experiência de relacionar o conteúdo matemático com a realidade, porque essa é uma das dificuldades encontradas quando se trata do processo de ensino-aprendizagem de matemática, pois muitas vezes o conteúdo que é ensinado em sala de aula fica distante da realidade dos alunos, se tornando um conteúdo muito abstrato para a criança.

Veja o artigo completo: PDF