Resumo Trabalho

CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM MATEMÁTICA PARA A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DOCENTE

Autor(es): RAQUEL PRISCILA IBIAPINO

O estágio supervisionado visa à interação entre a teoria vista no ensino superior e a prática docente escolar, possibilitando o surgimento de reflexões sobre a prática desenvolvida e a vivenciada na Universidade. Essas reflexões sobre a prática antes e após o estágio oportunizam aos futuros profissionais a possibilidade de corrigirem os erros e potencializarem os acertos, desenvolvendo uma prática de qualidade e significativa. Nesta perspectiva, este trabalho visa apresentar algumas contribuições do estágio supervisionado em Matemática para a construção da identidade profissional docente, comparando as práticas vivenciadas no momento da intervenção no7º ano do ensino fundamental com as práticas propostas e desenvolvidas pelos professores no curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual da Paraíba, Campus – Monteiro. A intervenção foi realizada na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Malaquias Batista Feitosa, São Sebastião do Umbuzeiro, com 28 alunos do 7º ano. Trata-se de uma pesquisa-ação, com abordagem qualitativa e exploratória, constituída pela importância da construção da identidade profissional docente e pela relevância do estágio supervisionado, sobretudo, do estágio de intervenção que possibilita a aprendizagem da profissão docente. No momento da intervenção foram trabalhados os Números Inteiros, utilizando-se uma reta numerada como auxílio para defini-los, além de serem trabalhadas soma, subtração, multiplicação e divisão de Inteiros, relacionando a ideia de saldo bancário e apresentando problemas vivenciados no cotidiano das pessoas. Ao realizar a convergência das experiências pedagógicas vivenciadas no decorrer do curso com as do momento da intervenção, nota-se que existem relações sociais e históricas que influenciam o desenvolvimento da prática docente, sendo necessária uma adaptação à realidade da escola e dos alunos, observando seu grau de conhecimento e procurando utilizar metodologias que auxiliem o desenvolvimento da aprendizagem. Dessa forma, os futuros professores em formação estão construindo a sua identidade profissional, dispondo da oportunidade de vivenciar o contexto escolar de maneira participativa, chegando-se a dedução de que se tornar professor é uma construção contínua. .

Veja o artigo completo: PDF