Resumo Trabalho

A GEOMETRIA ESPACIAL TRABALHADA A PARTIR DA CONSTRUÇÃO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS

Autor(es): JANAYNA ESTANDESLAU DA SILVA, JOSÉ JURACI FERNANDES DOS SANTOS e orientado por RAQUEL PRISCILA IBIAPINO

O ensino de Geometria é um tema muito discutido por vários pesquisadores especialistas neste assunto, entre eles, Lorenzato (1995) e D'AMBROSIO (1995). Desde o ensino básico os alunos apresentam inúmeras dificuldades ao estudarem a Geometria Espacial, e ao chegarem à Universidade os alunos de Graduação dos primeiros semestres continuam apresentando deficiências na aprendizagem dos conceitos e aplicações. Neste sentido, procura-se estreitar os laços entre universidade e escola, buscando refletir acerca do ensino de geometria, discutindo resultados obtidos durante o trabalho com alunos da Licenciatura em Matemática. Este trabalho tem o objetivo de desenvolver habilidades e conceitos sobre figuras planas, apresentando uma alternativa metodológica para o ensino da Geometria Espacial, através da construção de sólidos geométricos, para que os alunos possam ter uma visão ampla das figuras geométricas e de como estudar a geometria envolvendo problemas do nosso cotidiano. Este trabalho foi realizado na Universidade Estadual da Paraíba, Campus – Monteiro, com 30 alunos do primeiro período de Licenciatura em Matemática. Trata-se de uma pesquisa-ação, com abordagem qualitativa e exploratória, constituída pela relevância do ensino destes conceitos e pela importância da aprendizagem das formas e representações espaciais e, sobretudo, do desenvolvimento da criatividade, raciocínio e do espírito colaborativo. Foram identificados pontos positivos, como: potenciais criativos dos alunos empenham em resolver as atividades, absorção do conteúdo, já como pontos negativos, dificuldade em aprender a Matemática e sobre esta a geometria e os sólidos que a compõem. Desta forma, os iniciantes de Licenciatura em Matemática tem a oportunidade de vivenciar o contexto escolar de maneira mais participativa, podendo assim realizar análises colaborativas e reflexões importantes, que poderão servir de pilar para amenizar as dificuldades dos discentes com relação a assuntos básicos e para a formação dos futuros professores de matemática.

Veja o artigo completo: PDF