Resumo Trabalho

SABERES DOCENTES SOBRE O USO DE CALCULADORAS NA SALA DE AULA: UMA PESQUISA COM PROFESSORES DE MATEMÁTICA DE UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA DA CIDADE DE CAMPINA GRANDE

Autor(es): LUAN COSTA DE LUNA e orientado por ABIGAIL FREGNI LINS

O presente artigo diz respeito ao nosso Trabalho de Conclusão de Curso, TCC, defendido em julho de 2016 no Curso de Licenciatura Plena em Matemática da Universidade Estadual da Paraíba. Com o avanço dos recursos tecnológicos presente ao nosso redor se faz necessário discutirmos como tais recursos devem ser utilizados em sala de aula, assim como também o momento e conteúdo matemático para a realização de propostas didáticas. O uso de calculadoras em sala de aula pode tornar a aula de Matemática mais lúdica, prazerosa e interessante ao aluno. Através de jogos, atividades exploratórias e investigativas, os alunos podem apresentar diferentes estratégias na resolução de problemas matemáticos. A calculadora pode vir a aumentar as possibilidades de debates matemáticos em sala de aula. Nossa pesquisa de TCC, vinculada ao Projeto OBEDUC/CAPES em rede UFMS/UEPB/UFAL Edital 2012, teve como enfoque saberes docentes de professores de Matemática. Para isso, identificamos os saberes docentes de quatro professores de uma escola pública da cidade de Campina Grande. Sendo nossa pesquisa de cunho qualitativo, denominada estudo de caso, utilizamos questionários, notas de campo, entrevistas, proposta didática, fotos e audiovisual. Para análise de nossos dados nos apoiamos nas ideias de saberes docente de Tardif (2014). A partir de alguns resultados, notamos que os quatro professores não possuem os quatro saberes nomeados por Tardif, devido a prováveis lacunas em suas formações, implicando certas dificuldades de seus preparos em sala de aula. Todo saber implica um processo de aprendizagem e de formação, e, quanto mais desenvolvido, formalizado e sistematizado este, mais ocorre o processo de aprendizagem. Sua aquisição implica uma transformação positiva na forma de pensar e atuar na prática de ensino. Os saberes contidos em muitas das práticas docentes cotidianas e sua apropriação com professores podem e requerem ser considerados como objeto de investigação para enriquecer o campo do conhecimento, até então elaborado sobre a docência nas condições cotidianas em que se realiza.

Veja o artigo completo: PDF