Resumo Trabalho

UMA ATIVIDADE COM O TANGRAM

Autor(es): WESLLEY BALBINO BARROS, LIGIA RITA DE LIMA ANDRADE, THALITA ALVES DA SILVA e orientado por ALÉCIO SOARES SILVA

Jogos, brinquedos e brincadeiras fazem parte do mundo da criança, pois estão presentes na humanidade desde o seu início. O presente artigo tem como objetivo discutir a importância do lúdico no processo de ensino aprendizagem da matemática contextualizada, a partir do uso de jogos matemáticos como recurso didático. Usamos como suporte teórico alguns autores como Souza(1995), Cunha (2001). A metodologia foi organizada a partir de uma abordagem qualitativa, em uma pesquisa de campo; utilizamos uma turma do 6º ano de uma Escola Estadual situada no Sítio Estreito, zona rural de Campina Grande-PB. Os sujeitos estudados foram 26 alunos. Buscamos trazer uma atividade que fosse capaz de aproximar o conteúdo da realidade dos alunos, desta forma, usamos o tangram que é um jogo constituído por figuras geométricas, as quais estão presentes em nosso cotidiano. Dessa forma, procurou-se enfatizar uma aplicação do conteúdo através de uma proposta lúdica onde inicialmente começamos com um contexto sobre as formas geométricas que estariam presentes na atividade, após terem reconhecidos as formas que seriam trabalhadas no tangram, em grupos, os próprios alunos iriam construir os seus, após a atividade lúdica, foi requisitado uma breve dissertação, tratando do que entenderam sobre figuras geométricas, algumas conscientizações da brincadeira, se gostaram da forma com que o conteúdo foi trabalhado, dentre outras questões relacionadas com o conteúdo. Optamos em aplicar esse conteúdo de uma forma em que os alunos tivessem mais prazer em estudar matemática e perceber que ela está em seu cotidiano. Através de atividades lúdicas como a que foi elaborada, concluímos que é de significativa importância para o professore utilizar-se de jogos, brincadeiras e outros recursos que sirvam como suporte para desenvolver aspectos afetivos, motores, sociais e de compreensão da realidade, além de provocar desafios mentais e movimentar o físico e o emocional, e acima de tudo instigar os alunos no processo de ensino e aprendizagem

Veja o artigo completo: PDF