Resumo Trabalho

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA UTILIZAÇÃO DE JOGOS NO ENSINO DE MATEMÁTICA

Autor(es): BRENO GREGRIO DE SOUZA, ALEX PEREIRA DE OLIVEIRA e orientado por ELISÂNGELA BASTOS DE MÉLO ESPÍNDOLA

O presente artigo faz parte de um trabalho de conclusão de curso desenvolvido na licenciatura em matemática da Universidade de Pernambuco. O objetivo deste é analisar as representações sociais dos professores de matemática da utilização de jogos no ensino de matemática. A principal base teórica do trabalho está assentada na Teoria das Representações Sociais e na sua abordagem estrutural, a Teoria do Núcleo Central, que tem por princípio identificar o sistema representativo por meio de seus elementos centrais e periféricos. Dentre os procedimentos metodológicos adotados no estudo, 35 professores de matemática da rede pública e particular da Zona Metropolitana do Recife e da Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco, foram solicitados a responder, em um primeiro momento, um teste de associação livre de palavras, no qual deveriam indicar quatro palavras ou expressões que a utilização de jogos no ensino de matemática os fazia lembrar. Em um segundo momento, cada professor foi solicitado a selecionar dentre as suas quatro indicações, as duas que eles consideravam mais importantes; a fim de identificarmos a distinção entre os elementos do núcleo central daqueles periféricos nas suas representações. Os dados obtidos foram analisados com o auxílio do software estatístico Trideux, para computação da frequência das respostas dos professores e para identificação das representações de acordo com seu perfil profissional. Os resultados das representações sociais dos professores apresentaram no núcleo central os elementos: raciocínio lógico, aprendizagem, interação, compartilhamento de saberes e recurso didático. Quanto aos elementos periféricos temos entre outros: recreação, diversão, distração, desenvolvimento, atenção, concentração, criatividade, dinamizar, destreza, agilidade, habilidade, estratégia, lúdico, brincadeira.

Veja o artigo completo: PDF