Resumo Trabalho

O USO DA HISTÓRIA DA PROBABILIDADE COMO RECURSO METODOLÓGICO EM UMA AULA PARA O ENSINO MÉDIO.

Autor(es): CLÉBER FERNANDO SILVA E LIMA, JOSÉ JAIRO DE SANTANA E SILVA, LUAN ESTEVERSON SILVA SANTANA e orientado por CRISTIANE DE ARIMATÉA ROCHA

Nesse trabalho temos o objetivo de relatar uma experiência vivenciada por meio do planejamento e implementação de uma aula de Probabilidade em uma escola pública estadual no município de Caruaru. Tal atividade fez parte das atribuições dos futuros professores bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID – Subprojeto de Matemática UFPE-CAA. As discussões no âmbito da UFPE promove debates sobre alternativas para o desenvolvimento de práticas alternativas para o ensino e aprendizagem de Matemática, focalizando em diferentes abordagens de ensino inovador. Nesse relato focalizamos a utilização da história como recurso para ensinar matemática, especificamente atividades sobre a história da Probabilidade. Com base no foco apresentado, foram elaboradas duas aulas e aplicadas no 1º ano do Ensino Médio. Observamos que esse seria o contato inicial dos alunos com os conceitos probabilísticos. Logo, foram realizadas pesquisas e leituras sobre a história da matemática como recurso, e de forma mais específica, sobre a história da probabilidade. A elaboração das atividades se constituiu por meio de criação de problemas que utilizaram contextos históricos para serem apresentados e discutidos em sala. Essa abordagem foi de grande relevância para despertar o interesse nos alunos e para mostrar aos mesmos diferentes elementos presente na história que possam trazer sentidos a determinados assuntos. O resultado foi uma aula interativa com os alunos, que despertou neles diversos questionamentos e curiosidades. E a partir do apresentado muitos outros questionamentos realizados pelos alunos, todos os grupos formados para resolução dos exercícios devolveram os exercícios com as questões respondidas e imaginamos que a grande maioria transformou aquela aula em conhecimento que será aproveitado na vida escolar e também no contexto social vivenciado.

Veja o artigo completo: PDF