Resumo Trabalho

DESMISTIFICANDO O USO DA CALCULADORA EM SALA DE AULA DE MATEMÁTICA

Autor(es): ÁLLISSON HENRIQUE LEITE CABRAL, ROBERTO DOS SANTOS MEDEIROS, ROSEANE MATIAS LOURENÇO e orientado por ONÉLIA ARAÚJO FRANCO FRAGOSO

O trabalho em questão retrata uma experiência vivenciada por alunos da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), atuantes na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Monte Carmelo, localizada na cidade de Campina Grande - PB. A experiência consistiu na realização de uma oficina intitulada “O uso da calculadora em sala de aula de matemática”, desenvolvida e aplicada com 18 alunos dos anos finais do Ensino Fundamental, com o objetivo de explicar a estes alunos os conceitos, regras e padrões matemáticos para resolver problemas, utilizando para tal feito a calculadora. Durante a aplicação da oficina, observamos que os alunos tinham um pensamento bastante consolidado de que a calculadora os trariam as respostas prontas e acabadas de todos os problemas matemáticos, mas durante a aplicação das atividades vimos esse paradigma sendo quebrado pouco a pouco. Como resultados, observamos que os educandos não compreendiam o uso adequado da calculadora e sua finalidade para com os estudos de matemática, mas por meio das atividades, observamos o início do que esperamos que seja uma desmistificação quanto à utilização da calculadora em sala de aula. Nesse sentido, os mesmos passaram a ver a calculadora como uma ferramenta de bastante utilidade em nossa vida. Porém, é necessário o seu uso correto para podermos chegar a resultados coerentes com o problema o qual estamos resolvendo, ou seja, o aluno deve interpretar corretamente a questão, elaborar uma expressão matemática para a sua resolução e efetuar de fato os cálculos.

Veja o artigo completo: PDF