Resumo Trabalho

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS TECNOLÓGICOS NAS AULAS DE MATEMÁTICA: UM ESTUDO SOBRE POSSÍVEIS CONTRIBUIÇÕES.

Autor(es): RODOLFO MOREIRA CABRAL, ANTONIO CARLOS BELARMINO SEGUNDO, ITALO PEREIRA DA SILVA MEDEIROS e orientado por JULIO PEREIRA DA SILVA

Por muito tempo a escola esteve centrada somente no papel do professor, o que causou nos alunos a sensação de estarem restritos a uma única fonte de informação. Isso ocorreu por diversos motivos como o caráter técnico que por algum tempo foi o princípio norteador da Educação e tinha como objetivo apenas a reprodução mecânica de conteúdos; a falta de outras fontes de busca para aprimorar o aprendizado por parte dos alunos e principalmente a inexistência de recursos que facilitassem os processos de ensino-aprendizagem. Passados alguns anos, a sociedade mudou significativamente com o advento da tecnologia que através de recursos e softwares educacionais, a escola passou a dispor de uma variedade de opções tecnológicas para utilização em sala de aula. Isso fez com que o professor, agora, seja juntamente com seus alunos agentes de cooperação na construção do aprendizado, desta maneira tirou-se do professor o papel de centralizador do conhecimento e aos alunos foi dada a oportunidade de participarem ativamente do processo de aprendizagem. E nesse meio tornar o aluno capaz de interagir e produzir saberes a partir de suas próprias convicções, logicamente mediadas pelo professor, e com isso torná-lo um ser ativo na construção do conhecimento. E, a partir dessa nova realidade, o presente artigo foi desenvolvido com base em uma pesquisa de cunho bibliográfico com o objetivo de se compreender as possibilidades advindas com o surgimento dos recursos tecnológicos a partir do uso destes na sala de aula, entender as razões pelas quais estes facilitam os processos de ensino aprendizagem e explicitar a necessidade de se utilizar destes como forma de melhorar o nível de aprendizado dos alunos principalmente no tocante à Educação Matemática.

Veja o artigo completo: PDF