Resumo Trabalho

O ENSINO DE COMPARAÇÃO E ADIÇÃO ALGÉBRICA DE NÚMEROS INTEIROS POR MEIO DO JOGO DA ONÇA: UMA ANÁLISE À LUZ DAS TEORIAS DA APRENDIZAGEM

Autor(es): LEANDRO MARIO LUCAS, FILOMENA MARIA GONÇALVES DA SILVA CORDEIRO MOITA, DUSTIMAR DE OLIVEIRA BATISTA

Neste artigo, objetivamos apresentar a análise, bem como a conclusão que chegamos a partir desta, de uma prática docente realizada por nós sob a perspectiva das teorias da aprendizagem, exigida como requisito para conclusão da disciplina Teorias da Aprendizagem em uma universidade pública brasileira. Tal análise incide sobre uma prática nossa realizada em uma escola pública paraibana na qual adaptamos um jogo de tabuleiro – O jogo da Onça- para o ensino de Comparação e Adição Algébrica de Números Inteiros. Durante a análise, constatamos que as características das situações de aprendizagem apresentadas não poderiam ser enquadradas em uma única filosofia ou teoria da aprendizagem e, no intuito de encontrar algumas aproximações possíveis, fizemos um recorte didático, dividindo nossa prática em dois momentos: o da ação de jogar propriamente dita e o da mediação docente, na qual contextualizamos o jogo com os conteúdos explorados. Nosso foco foram aquelas situações de aprendizagem ocorridas diretamente relacionadas com os conteúdos Comparação e Adição Algébrica de Números Inteiros. Com esses recortes, constatamos uma aproximação às ideias cognitivistas sobre a aprendizagem. Ao final, concluímos que todas as teorias têm algum poder explicativo, nos oferecendo referenciais para compreendermos diversos eventos educacionais ligados à aprendizagem.

Veja o artigo completo: PDF