Resumo Trabalho

Autor(es): MELISSA CORDEIRO DA SILVA e orientado por DR. DAVID LOPES DA SILVA e orientado por DR. DAVID LOPES DA SILVA

A conquista da escrita alfabética e da leitura não são suficientes para garantir ao aluno a possibilidade de compreender e produzir textos em linguagem escrita, nem mesmo de estabelecer uma relação entre texto e leitor. Ao perceber que semear a prática da leitura e da escrita para além do espaço escolar é essencial, contudo, não é uma tarefa fácil, surgiu a inquietação e o desejo de trabalhar o texto literário com crianças, e conduzi-las ao caminho do leitor literário - que se envolve, pensa e constrói a partir de suas leituras. Diante disso, este trabalho teve como objetivo analisar a recepção da obra Os Colegas de Lygia Bojunga em uma turma do 3º ano do ensino fundamental 1, de uma escola da rede privada em Arapiraca-AL. A metodologia adotada para a leitura do corpus foi a descritivo-analítica. O suporte teórico que respalda a relação do leitor com a obra selecionada teve como seus principais referentes os Parâmetros Curriculares Nacionais: língua portuguesa (1197) e Rouxel (2014). Serão apresentados dados da experiência de leitura e reescrita da obra, com destaque para a receptividade e os impactos de leitura pelos/nos sujeitos pesquisados. Para que fosse contemplada a liberdade de expressão e autonomia das crianças, foram realizadas leituras em grupo e discussões em sala de aula, leituras individuais em casa e momentos de leitura e reescrita na biblioteca. Os resultados obtidos neste trabalho indicam que é possível despertar o gosto pela leitura literária ainda na educação básica, especificamente durante o ensino fundamental 1. Além disso, mostram a influência da leitura no desenvolvimento do senso crítico e reflexivo nas crianças.

Veja o artigo completo: PDF