Resumo Trabalho

AÇÃO COLETIVA, EDUCAÇÃO E ESCASSEZ HÍDRICA: UM OLHAR DA PSICOLOGIA

Autor(es): ELINE SOARES FIRMO e orientado por MARIA AUXILIADORA TEIXEIRA RIBEIRO e orientado por MARIA AUXILIADORA TEIXEIRA RIBEIRO

O estudo enfoca o processo de ação coletiva como uma forma de enfrentamento à escassez hídrica no cenário da Política Pública de Educação. Tem origem baseado na percepção da atuação reduzida da Psicologia nas ações relacionadas às dificuldades das comunidades de regiões semiáridas que vivem em situação de vulnerabilidade associada à falta de água. Configura-se, então, como um dos desafios do novo cenário das práticas de Psicologia, investigando as ações do Programa Água Doce (PAD), criado pelo Governo Federal, e a forma como o serviço educacional influencia o processo de ação coletiva de cada comunidade beneficiada pelo programa. Para tal, a pesquisa em andamento buscou como objetivos: estudar os conceitos de ação coletiva; e discutir as possibilidades de ampliar o conhecimento e atuação da psicologia no processo de ação coletiva no campo da educação e escassez hídrica. Utilizando as práticas discursivas como norteadora da pesquisa.

Veja o artigo completo: PDF