Resumo Trabalho

Autor(es): MYRIA JUSCILÂNIA MARAÇO SILVA, NATHALIA CARVALHO DA SILVA, RENALY ARRUDA DE SOUSA, ITAMARA LIGIA RODRIGUES VIEIRA e orientado por BETÂNIA MARIA OLIVEIRA DE AMORIM e orientado por BETÂNIA MARIA OLIVEIRA DE AMORIM

A psicologia é um campo muito abrangente que compreende múltiplas vertentes teóricas, se estendendo para as mais variadas áreas no que diz respeito a sua atuação, utilizando diferentes métodos para realização de suas técnicas, intervenções e acolhimentos em áreas de ensino e aprendizagem. Um dos campos de atuação é a psicologia comunitária que trabalha com grupos diversos atendendo demandas das comunidades, com uma concepção metodológica que une o saber acadêmico com o popular, numa tentativa de construção coletiva de conhecimento. Uma das formas que possibilita realizar tal trabalho são as metodologias participativas que levam em consideração o contexto, ou seja, foca na construção de uma consistência crítica ao considerar a participação popular, com uma ideia de educação que possa propor certa horizontalidade do processo, negando assim a possibilidade de que alguém possa não aprender. Sendo assim, este trabalho tem como objetivo apresentar um relato de experiência de uma intervenção respaldada na concepção de educação em saúde e utilizando de metodologias participativas, realizada por alunas do curso de Psicologia da Universidade Federal de Campina Grande com um grupo de mulheres do bairro José Pinheiro CG/PB, tendo como metodologia o método de pesquisa-facilitação.

Veja o artigo completo: PDF