Resumo Trabalho

Autor(es): MARIA JUDIVANDA DA CUNHA, BERNARDINO GALDINO DE SENA NETO e orientado por ANDREZZA MARIA BATISTA DO NASCIMENTO TAVARES e orientado por ANDREZZA MARIA BATISTA DO NASCIMENTO TAVARES

A Educação Profissional atualmente tem recebido uma atenção particular de pesquisadores e estudiosos que apontam para discursões acerca dos processos sobre as modalidades que a envolvem, desde as ofertas de cursos, as políticas de incentivo, à sua implementação e execução, até a formação dos professores e sua práxis. Esse artigo tem como principal objetivo fazer um levantamento da produção do conhecimento sobre as Políticas de Formação Docente para a Educação Profissional: 2013 - 2016. A pesquisa ocorreu no mês de julho de 2016, o trabalho se dá a partir de uma pesquisa bibliográfica realizada por meio de uma coleta de informações através do banco de dados da CAPES, mais precisamente no banco de Teses e Dissertações presentes na plataforma Sucupira 2013 – 2016. Questiona-se inicialmente: Quais são as contribuições na produção do conhecimento sobre as Políticas de Formação Docente para a Educação Profissional nas pesquisas já desenvolvidas? Como se dá a formação do docente para a educação profissional? Em nosso levantamento bibliográfico foram encontradas duas produções focadas sobre a Educação Profissional, para tanto utilizamos o descritor “Politicas de Formação Docente para a Educação Profissional” foi encontrada apenas uma tese, procuramos utilizar o descritor “Políticas para formação docente” e encontramos outra tese, ambas publicadas de 2013 a 2016 na plataforma Sucupira. Os resultados indicam que ocorreram avanços na sensibilização para a formação de professores da educação profissional, e que ela se dá numa construção passível de transformações que resultam de contradições causadas em um contexto de disputas pela hegemonia nas lutas travadas pela sociedade e o Estado capitalista no âmbito das políticas públicas voltadas para a educação.

Veja o artigo completo: PDF