Resumo Trabalho

AS DOENÇAS OCUPACIONAIS QUE ACOMETEM OS DOCENTES NA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES LABORAIS

Autor(es): FRANCISCO DAS CHAGAS DOS SANTOS, LINCOLY DANTAS FRAZAO, LUCAS CARDOSO DOS SANTOS, JOAO PEDRO DA COSTA SOARES DE AZEVEDO e orientado por SHIRLEY ANTAS DE LIMA e orientado por SHIRLEY ANTAS DE LIMA

O ser humano no decorrer de sua vida chega a dedicar-se uma grande parte do seu tempo ao trabalho, trazendo muitas vezes consequências incompatíveis para a integridade física, psíquica e social dos trabalhadores, sendo considerado um problema de Saúde Pública, por se tratar do dano a saúde do trabalhador em pleno exercício da profissão. A frente do processo saúde-doença acometidos pelos docentes, e as consequências que os leva a adquirir várias patologias, dentre ela as da mente e as osteomusculares, o trabalho tem como objetivo mostra através de uma pesquisa na literatura cientifica as principais causas que levam ao adoecimento dos docentes em exercício de suas atividades. O presente estudo foi realizado mediante o método da revisão integrativa. Para a seleção da amostra, os critérios de inclusão delimitados foram: artigos relacionados com a temática, publicados no período de 2011 a 2017, em texto completo e no idioma português. Utilizando as seguintes bases de dados, o Sistema Latino-Americano e do Caribe em Ciências de Saúde (LILACS), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) e Sistema de Base de dados de enfermagem (BDENF), os descritores postos para o levantamento da pesquisa foram, Doenças ocupacionais e Professor, organizados pelo operador booleano “AND’’, no qual facilitou a busca aos manuscritos. As doenças da mente e as osteomusculares foram evidências no decorrer da pesquisa, sendo apontadas como as maiores causas de afastamento dos docentes de suas atividades laborais. Sendo assim foi proposto investigações que associem os agravos à saúde em docentes em atividade, sugerindo uma atenção em particular a esses profissionais ainda pouco lembrado dentro do contexto escolar e possíveis medidas de prevenção, tratamento e políticas públicas voltadas a este temática.

Veja o artigo completo: PDF