Resumo Trabalho

Autor(es): CARLA CRISTINA BRAZ DE OLIVEIRA

Este artigo se refere a um recorte de dados de um trabalho de dissertação, pertencente ao Mestrado em Educação Matemática e Tecnológica (EDUMATEC – UFPE). Tem por objetivo apresentar as práticas educativas do curso de Medicina (UFPE, Campus Caruaru), relacionadas especificamente ao uso dos do Ensino Híbrido em um contexto PBL (Problem based Learning). Como suporte bibliográfico para nos auxiliar na discussão das temáticas relacionadas utilizamos autores como: Bacich et al. (2015), Borges et al. (2014) e Piaget (1970), entre outros. No que refere à metodologia, trata-se de uma pesquisa descritiva de natureza qualitativa. Para obtenção de dados foi realizado: análise documental, entrevistas e observação online e presencial de modo a compreender melhor o curso e suas práticas pedagógicas tanto na teoria quanto na prática. Desta forma, concluímos que a PBL é executada seguindo suas sete etapas, sendo que na sexta fase ocorre a extensão do presencial para o momento online. Portanto, trata-se de um curso que busca a desfragmentação do ensino, adotando várias metodologias que busque e transforme o seus alunos em pessoas críticas e que façam parte de forma protagonista do processo ensino-aprendizagem o qual estão envolvidos. O Ensino Híbrido é uma dessas metodologias, sendo adotada em um contexto PBL, cujas práticas pedagógicas têm auxilio do Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle, mais especificamente sua ferramenta fórum, no entanto, não existe uma supervalorização da tecnologia, mas do processo em si. Meta essa já estipulada no Projeto Político do Curso e observada nas falas de seu corpo docente e em suas práticas.

Veja o artigo completo: PDF