Resumo Trabalho

Autor(es): JOSE EVANILSON DE FREITAS LIMA, RAFAEL NÓBREGA ARAÚJO

As telenovelas brasileiras, atualmente são um dos programas mais vistos na televisão brasileira, recorde de público, a qual ocupam os principais horários das grades das emissoras abertas do Brasil. Dentro deste mercado audiovisual, o padrão globo de qualidade destaca-se por ter alcançando uma marca de sucesso, não alcançada por outras produtoras. Os temas abordados por meio destas tramas são diversificados, como também suas respectivas ambientações, diante disto citamos o Nordeste, que é uma das regiões retratadas na Tv, contudo devemos nos ater para o tipo de abordagem reconstituída do espaço nordestino, a qual é transmitido de uma forma estereotipada, para o público, no qual passam a imaginar este local desprovido de uma modernidade. Sendo assim, nosso artigo tem como objetivo analisar as novelas enquanto ferramentas históricas, no ensino de história, evidenciado os mecanismos utilizados na constituição dos enredos, portanto para realização dos nossos estudos, temos como principal análise a telenovela A Indomada, trama esta ambientada em uma cidade fictícia do estado de Pernambuco, dentro da obra tomamos como base para nossas problematizações elementos como enredo, figurinos, sotaque exagerado e cenografia, tudo partindo da análise de algumas cenas. A fim de realizar nossas pesquisas guiamos nos estudos de HAMBUGER (2005) e ALENCAR (2002), que apresentar o poder que a televisão adquiriu na vida dos brasileiros, especialmente a telenovela, ainda nos firmamos em ALBUQUERQUE (2011), que discute como que o Nordeste foi inventado historiograficamente, ao longo do tempo, além de MOSCOVICI (1990) e CHARTIER (1991), na tentativa de unir, ensino de história, mídia e espaço geográfico.

Veja o artigo completo: PDF