Resumo Trabalho

Autor(es): AFONSO COSTA SANTOS, CÍCERO SEVERINO ADELINO

Este trabalho tem a finalidade de contribuir com a educação, mencionando umas das práticas utilizadas nas salas de aulas pelos professores, despertando o interesse e a curiosidade de seus ouvintes: a contagem de histórias. As histórias contadas de forma prazerosa e encantadora contribuem na formação intelectual, crítica e moral dos indivíduos. A contagem de história é repleta de magia, emoção, fantasia e provoca um sentimento de bem-estar tanto aos ouvintes, como também aos contadores. Por meio deste trabalho podemos perceber que o costume de contar histórias é uma atividade praticada pelos nossos antepassados, de modo que, a mesma servia como um meio de comunicação entre estes habitantes. Existem inúmeros contadores de histórias espalhados por todas as nações, entre eles, colecionadores de histórias para todas as idades e dos mais variados assuntos. Assim, podemos afirmar que o ato de contar histórias é uma das artes mais antigas que a cada dia conquistam mais adeptos e pesquisadores que fascinados por suas características, de maneira que se sentem motivados a praticar esta ação de forma contínua, com o objetivo de desvendar os mistérios e benefícios que podemos vir a conhecer e desfrutar pela prática da leitura. Por isso, a contagem de histórias é uma indispensável ferramenta para que se desperte o interesse nos ouvintes e provoque a curiosidade para que conheçam o mundo encantado e fascinante da leitura. Outra possibilidade é vivenciar e resgatar antigos costumes dos nossos antecessores, resgatando a nossa cultura familiar, e facilitando o desenvolvimento do caráter, da identidade infantil e no processo de aprendizagem. Ao agir assim, estaremos contribuindo para a formação de novos leitores e propagação do conhecimento, começando desde a educação infantil, visto que as crianças possuem grandes tendências em repetir as nossas atitudes, pois são facilmente atraídas pelo que ver, fazemos e falamos.

Veja o artigo completo: PDF