Resumo Trabalho

A PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA: SUA RELAÇÃO COM A FAMÍLIA E A ESCOLA NO ENFRENTAMENTO DAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

Autor(es): MARIA AMÉLIA DA SILVA COSTA e orientado por DRª TATIANA CRISTINA VASCONCELOS e orientado por DRª TATIANA CRISTINA VASCONCELOS

RESUMO: O estudo aqui apresentado trata-se do resultado do estágio supervisionado em psicopedagogia clínica do curso de pós graduação ofertado pela Faculdades Integradas de Patos, teve como objetivo refletir sobre a psicopedagogia clínica e as relações entre família e escola no enfrentamento das dificuldades de aprendizagem, sugerindo parceria entre ambas instituições, para melhor compreender o processo de aprendizagem da criança, sua história de vida e as interferências dos problemas afetivos no desempenho escolar. Para tanto, foi realizado um estudo que contou com a participação de uma criança com 8 anos de idade com queixa de atrasos na aprendizagem da leitura e da escrita e comportamento inquieto na escola e na família. Foram utilizados diferentes instrumentos para o diagnóstico, bem como a aplicações de técnicas durante as dez sessões com duração de 50 minutos cada, o período da pesquisa e aplicação das sessões foi entre os meses de novembro e dezembro de 2016. Todo o processo teve como referencial teórico a epistemologia convergente de Jorge Visca e o manual de diagnóstico psicopedagógico de Simaia Sampaio. Os principais resultados indicam que o sujeito investigado possui uma dificuldade de aprendizagem temporária, referente a problemas afetivos que possui na família e se refletem na escola na sua relação com o conhecimento. Conclui-se que o sujeito investigado precisa de uma atenção diferenciada da família, de acompanhamento psicológico juntamente com seus pais, de acompanhamento psicopedagógico interventivo e adequação por parte da escola para que consiga resultados de sucesso na aprendizagem.

Veja o artigo completo: PDF