Resumo Trabalho

BENEFÍCIOS DO PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA (PSE) DIANTE DA PROMOÇÃO A SAÚDE DOS ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Autor(es): FRANCISCO DAS CHAGAS DOS SANTOS, LINCOLY DANTAS FRAZAO, JOAO PEDRO DA COSTA SOARES DE AZEVEDO, LUCAS CARDOSO DOS SANTOS e orientado por SHIRLEY ANTAS DE LIMA e orientado por SHIRLEY ANTAS DE LIMA

O PSE foi implantado nos municípios através de uma adesão realizada pela gestão municipal, das Secretarias de Educação e Saúde, tendo a imprescindibilidade de equipes de Saúde da Família implantadas, para que assim possa ocorrer as realizações das devidas ações intersetoriais, conforme normas preconizadas pela Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), articulados com os Estados e Distrito Federal. A pesquisa tem como objetivo buscar os benefícios das ações do PSE para os escolares diante das vulnerabilidades do cenário atual. O presente estudo foi realizado mediante o método da revisão integrativa. Para a seleção da amostra, os critérios de inclusão delimitados foram: artigos relacionados com a atemática, publicados no período de 2011 a 2017, em texto completo e no idioma português. A pesquisa foi realizada, através do acesso eletrônico aos dados da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), no período de agosto de 2017, utilizando as seguintes bases de dados, o Sistema Latino-Americano e do Caribe em Ciências de Saúde (LILACS), Sistema de Base de dados de enfermagem (BDENF), Index Psi Periódicos, utilizando os seguintes descritores: Programa Saúde na Escola, Educação e Saúde, organizados pelo operador booleano “AND’’. Os resultados evidenciaram várias formas para realizar as ações do PSE, abordando várias temáticas, como DST’s, Sexualidade, Obesidade entre outros. A pesquisa apontou as dificuldades que ainda existem para o desenvolvimento do programa e a interação entre a saúde e educação, portanto estratégias devem ser montadas para beneficiar os escolares com um programa rico e diversificado e com propostas de inovação no âmbito escolar

Veja o artigo completo: PDF