Resumo Trabalho

A PRAÇA DO TRABALHO EM CAMPINA GRANDE-PB COMO ESPAÇO PÚBLICO: SEUS USOS NO PASSADO E NO PRESENTE

Autor(es): LORENNA KAROLINNE ARAUJO MONTEIRO, LETÍCIA DANTAS DE AZEVEDO, MAELY RAQUEL RANGEL ALVES e orientado por PAULO SERGIO CUNHA FARIAS e orientado por PAULO SERGIO CUNHA FARIAS

A partir de uma atividade proposta durante a disciplina de Geografia I na Educação Infantil e nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, oferecida no 5° período do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Campina Grande, apresentamos um estudo feito sobre a praça como espaço público e os seus usos no passado e no presente, com base nos autores Gomes (2010) e Caldeira (2007), e apresentamos os resultados de um olhar mais acurado sobre a Praça do Trabalho, localizada no bairro São José, na cidade de Campina-Grande-PB, a fim de analisar os seus usos no passado e no presente. Por meio dos estudos teóricos, identificamos que o espaço público, sendo ele formado pela sua estrutura física e pelas relações sociais nele estabelecidas, é um lugar onde se exerce a cidadania, porém ele tem passado por mudanças que têm redefinido essa função, representando assim, um recuo da cidadania. Discutimos também a história das praças, que surge na Grécia antiga com as ágoras, sendo um ambiente público e propício ao convívio social, que se moderniza com o passar do tempo a partir de cada realidade citadina. Na atualidade, fica evidenciado o desuso desses ambientes, tendo em vista a violência e a busca das pessoas por locais que proporcione segurança e tranquilidade. Considerando estas coisas, buscamos conhecer mais sobre a Praça do trabalho, realizamos observações dela e entrevistas com moradores das imediações da praça, chegando a conclusão de que este espaço tem sido reflexo do abandono dos poderes públicos, o que tem refletido na desutilização progressiva por parte da população.

Veja o artigo completo: PDF