Resumo Trabalho

Autor(es): ALANNY PAULO RICARDO DE ALMEIDA

Este artigo é parte do resultado de uma pesquisa que versa sobre as práticas higienistas eugenista e da medicalização dos corpos na Parahyba no início do século XX . Nesta pesquisa utilizamos enquanto cenário a revista ilustrada Era Nova que circulou na Parahyba nos anos de 1921-1925, sob a ótica da história Cultural buscamos os vestígios do passado em textos, artigos, imagens, propagandas que circularam no periódico. Sendo assim esse artigo discuti a importância das revistas ilustradas na difusão de discursos médico-pedagógicos e na medicalização dos corpos na Parahyba. O artigo está dividido em dois momentos, de início vamos fazer uma leitura sobre a revista Era Nova, passeando sobre suas seções e páginas e discorrendo sobre as características da revista ilustrada, bem como do circuito de produção que o periódico estava inserido. No segundo momento discorremos sobre o uso das propagandas enquanto fonte histórica para compreender o processo de medicalização dos corpos e as representações do doente e da saúde na Parahyba.

Veja o artigo completo: PDF