Resumo Trabalho

Autor(es): EMANOEL CALIXTO DO NASCIMENTO

Este artigo objetiva apresentar e discutir o conteúdo de uma série de matérias jornalísticas – imagéticas e escritas – publicadas no jornal A União na década de 1930 no estado da Paraíba, matérias estas, que abordavam situações, notícias e fatos ocorridos no cotidiano da sociedade paraíbana, todavia, neste artigo irei analisar o conteúdo destas matérias, elaborando assim, uma discussão em torno das principais ideias contidas nos recortes jornalísticos, pensando no jornal(períodico) como um espaço de produção de identidades e práticas, focalizando principalmente as questões médico-educativas observadas em propagandas e notícias veiculadas através do veículo midiático, na intenção de produzir discursos, ideias e hábitos que estavam em voga naquele momento histórico político-social e no campo das ciências, destacando os conceitos de higiene, modernidade e patriotismo nos espaços público e privado, como modos sociabilidade e ideal de vida em sociedade, abordando matérias que tratam desde os cuidados com a infância, até propagandas imagéticas que se utilizam de um marketing romântico com a intenção influenciar o indivíduo/consumidor a utilizar determinado creme dental, sendo este produto necessário e indispensável à sua vida, tanto no aspecto da saúde e higiene do corpo, como também, no convívio social. Utilizarei como aporte teórico-metodológico para fundamentar a discussão do presente artigo, autores como Michel Foucault e seus diálogos acerca das relações de poder na sociedade entre indivíduos e instituições, como também sua ideia de análise do discurso. Outro autor o qual me utilizarei para abordar tais discussões é Michel de Certeau e seu conceitos de práticas no cotidiano, onde os indivíduos iriam se apropriar e reapropriar de símbolos, linguagens, etc na intenção de produzir estratégias e métodos de sociabilidade que visam burlar ideias e modelos de vivência em sociedade já postos.

Veja o artigo completo: PDF